Marcadores

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Thor: Ragnarok e Marvel Torneio de Campeões

Já pensou em ver Torneio de Campeões nos cinemas? É isso mesmo, não estou tão louco. É apenas uma possibilidade, uma semente que será lançado no próximo filme do Thor. Calma, eu explico minha "viagem"....


Hoje, 20 de maio de 2016, a Marvel apresentou a arte conceitual de Hela (essa imagem acima) e o elenco do filme Thor: Ragnarok com estreia pro dia 2 de novembro de 2017.

O filme 'Thor: Ragnarok' será dirigido por Taika Waititi e tem novamente Chris Hemsworth no papel de Thor, Tom Hiddleston como o vilão Loki, Idris Elba como Heimdall e Anthony Hopkins volta como Odin. Confirmado também Mark Ruffalo como o Hulk/Bruce Banner.  As novidades de elenco ficam por conta de Jeff Goldblum como o Grão-Mestre (ou Grande Mestre)Karl Urban como o Executor, Tessa Thompson como Brunnhilde/Valquíria Cate Blanchett como a grande vilã do filme Hela. Kevin Feige irá produzir o filme apoiado pelos produtores executivos Louis D'Esposito, Brad Winderbaum, Victoria Alonso, Thomas M. Hammel e a lenda Stan Lee.

Mas e aí? Como Torneio de Campeões pode entrar pro MCU (Marvel Cinematic Universe/Universo cinematográfico Marvel)? Então, vou explicar os fundamentos da ainda fraca hipótese...


O game Marvel Torneio de Campeões foi inspirado na série clássica de 1982 Torneio de Campeões, nela o Ancião do Universo En Dwi Gast (Grão-Mestre) e a Senhora Morte disputam um jogo com os heróis da Terra, o prêmio do Grão-Mestre é ressuscitar Taneleer Tivan ( o Colecionador, nosso velho conhecido no game e no filme dos Guardiões da Galáxia), ele havia sido morto por Korvac (a Saga de Korvac é uma das melhores séries dos Vingadores). Mas o game foi além.

O Game inovou em diversos aspectos e com uma história nova  fez tanto sucesso que após os eventos de "Guerras Secretas 2015" nas HQs, a Marvel resolveu incorporar o "Torneio de Campeões" ao Universo Marvel. Algo inédito aconteceu não só na 'Casa das Idéias', mas em toda industria de quadrinhos, um game inspirado nas HQs devolve inspiração pra essa mesma mídia. Assim, Torneio de Campeões virou uma série regular da Marvel Comics e já goza de grande sucesso.

Os heróis da terra despertam no clássico Torneio de Campeões de 1982
Na série de HQ atual Taneleer Tivan (Colecionador) e seu irmão En Dwi Gast (Grão-Mestre) disputam um jogo no Reino de Batalha (Battlerealm) cujo prêmio é a Iso-Esfera, um poderoso artefato de Iso-8. Obviamente a história da HQ precisa se fundamentar mais que a do Game e as duas se desenvolvem paralelamente, apenas se inspirando, sem interferirem profundamente uma na outra, tal qual o MCU e as HQs.

Maestro e seus troféus 
Daí vem a possibilidade de dependendo do desenvolvimento dos filmes e séries, e com o sucesso do game e HQ, Torneio de Campeões poder entrar de alguma forma no MCU. Veja que o Colecionador já foi introduzido em 'Thor: O Mundo Sombrio' e 'Guardiões da Galáxia' e agora em 'Thor: Ragnarok' teremos a apresentação do Grão-Mestre. Pra tudo se concretizar o ideal é que houvesse uma adaptação de Futuro Imperfeito nos cinemas e dessa forma Maestro também fosse introduzido no MCU.


capa e contra capa da edição #5 de Torneio de Campeões

A forma como as diferentes mídias estão interagindo com a riqueza do Universo Marvel e a possibilidade de contar histórias cósmicas nos filmes, me fez ter esse pequeno devaneio profético, mas convenhamos, não é tão impossível assim. Deixe sua opinião aí nos comentários, viaje comigo também nesse universo fantástico da Marvel e me diga o que você acha disso tudo ;)